quarta-feira, 15 de abril de 2009

Noticias falsas. Que se lixem directores e donos dos jornais

O Presidente do Benfica LF Vieira veio ontem, publicamente, marcar a posição do clube sobre a caterva de atoardas com que o clube tem sido fustigado, para além das miseraveis arbitragens que, ao longo da temporada, têm prejudicado o clube.

Gostei das suas breves palavras. Disse o essencial. Assumiu-se como Presidente e deu confiança aos benfiquistas, pela estratégia do clube quanto ao futuro.

Do outro lado, dos jornais apontados como falseadores noticiosos, veio a reacção. Que, patáti patátá, não foram mandatados pelo dono da Cofina e que quem manda editorialmente em cada jornal, são os directores. Disseram tambem que não abdicarão do que vêm fazendo em matéria de direcção editorial das respectivas publicações.

Discurso lindo. Mas em abstracto.

Porque noticiar com falsidade é "ofender" os principios deontologicos e faltar ao cumprimento das regras de um e qualquer orgão de C.S. E sobre tal acusação fecharam-se em copas.

Não é de menor importancia, chamar a atenção para o facto do cargo de director de um orgão de CS, ser escolhido pelo dono da publicação. Portanto de confiança absoluta.



Por conseguinte, seria de estranhar que um director tivesse de perguntar, por desconhecimento, qual a perspectiva e interpretação que deveriam imprimir ao jornal do seu patrão, no que noticiaram de falso. Que tristes directores e que tristes donos de jornais teriamos se editorialmente, reconhecessem que recebem ordens para escrever em obediencia.

A realidade é indestrutivel. Directores e donos que, mutuamente, se absolvam.

LF Vieira teve razão no que disse. As noticias eram falsas.

2 comentários:

gloriosablogosfera.blogspot.com disse...

Bem-vindo à Gloriosa blogosfera

bichoDEmato disse...

É preciso desmantelar a rede mafiosa. Força benfiquistas.